Fantasticontos, escritos e literários

Blog para contos de ficção científica, literatura fantástica e terror

DESPERTAR – Um conto de Davi Cabral


floating_stone_by_wanbao-d2zx201

 

 

 

 

 

 

 

Certo dia, um homem andando pelo campo, encontrou uma pedra diferente. Era uma pedra linda, com traços tão peculiares que ele não pôde se conter e abaixou para examiná-la melhor. Ao se aproximar, pôde perceber, no seu contorno, brilho e ângulos; uma perfeição tal, que parecia dar vida à pedra. Não hesitando um segundo, ele a tomou em suas mãos, levando-a para casa.

 

Lá, a pedra foi lavada e, cuidadosamente, limpa. Suas nuances de beleza foram ainda mais expostas e agora, além de viva, a pedra parecia feliz. Foi colocada em uma mesa na sala da casa e podia ser apreciada pelos que ali passavam. Mas de todos, o mais encantado, era o próprio dono.

Ficou ali deixada e, aos poucos, foi sendo esquecida, empoeirada. Já não parecia assim tão viva. Nem seu descobridor lhe dava mais atenção.

 

Então, um dia, ao entrar em casa, o homem viu, espantosamente, a pedra flutuando no ar. Não pôde acreditar nos seus olhos, mas, mesmo assim, correu para fechar as janelas, com medo de perder seu objeto maravilhoso em um vento mais forte que pusesse levá-la. Quando se virou de volta, lá estava a pedra em seu lugar de costume, parada e definhando. Não entendendo muito bem o que havia ocorrido, tratou de deixar sempre as janelas fechadas para não perder seu troféu. Os dias se passavam e a pedra, novamente esquecida, já parecia quase morta.

 

Uma noite, distraído e andando descalço pela sala, o homem sente uma pontada no pé e, ao levar a mão para ver o que era, sente o jorrar quente do sangue em seus dedos, denunciando um corte profundo. A dor foi intensa e o sangramento caudaloso. O chão estava repleto de cacos de vidro. Havia um rombo na janela da sala. Assustado com o que acontecia, passando os olhos de relance, percebeu que a pedra não estava mais sobre a mesa. Ela havia voado através da janela para a liberdade que nunca lhe deveria ter sido tirada. Porque pedras, por mais que sejam pedras, voam quando querem voar. Voa pedra, encontra novamente a vida e a felicidade que te pertencem.

 

Site do autor: http://www.arvorevoadora.com.br/2015/06/despertar.html

Imagem meramente ilustrativa retirada do site:  http://www.deviantart.com/art/Floating-stone-181261153

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 20 de setembro de 2015 por em Contos.

A saga de um andarilho pelas estrelas

DIVULGAÇÃO A pedido do autor Dan Balan. Sinopse do livro. Utopia pós-moderna, “A saga de um andarilho pelas estrelas” conta a história de um homem que abandona a Terra e viaja pelas estrelas, onde conhece civilizações extraordinárias. Mas o universo guarda infinitas surpresas e alguns planetas podem ser muito perigosos. O enredo é repleto de momentos cômicos e desconcertantes que acabam por inspirar reflexões sobre a vida e a existência. O livro é escrito em prosa em dez capítulos. Oito sonetos também acompanham a narrativa. (Editora Multifoco) Disponível no site da Livraria Cultura, Livraria da Travessa, Editora Multifoco. Andarilho da estrela cintilante Por onde vai sozinho em pensamento, Fugindo dessa terra de tormento, Sem paradeiro certo, triste errante? E procurar o que no firmamento, Que aqui não encontrou sonho distante Nenhum outro arrojado viajante? Volta! Nada se perde com o tempo... “Felicidade quis, sim, encontrar Nesse vasto universo, de numerosas, Infinitas estrelas, não hei de errar! Mas ilusão desfez-se em nebulosas, Tão longe descobri tarde demais: Meu amor deste lugar partiu jamais!”

Divulgação

Bom dia.
Aproveito este espaço para divulgar o livro da escritora Melissa Tobias: A Realidade de Madhu.

- Sinopse -

Neste surpreendente romance de ficção científica, Madhu é abduzida por uma nave intergaláctica. A bordo da colossal nave alienígena fará amizade com uma bizarra híbrida, conhecerá um androide que vai abalar seu coração e aprenderá lições que mudará sua vida para sempre.
Madhu é uma Semente Estelar e terá que semear a Terra para gerar uma Nova Realidade que substituirá a ilusória realidade criada por Lúcifer. Porém, a missão não será fácil, já que Marduk, a personificação de Lúcifer na Via Láctea, com a ajuda de seus fiéis sentinelas reptilianos, farão de tudo para não deixar a Nova Realidade florescer.
Madhu terá que tomar uma difícil decisão. E aprenderá a usar seu poder sombrio em benefício da Luz.

Novo Desafio EntreContos

Oi pessoal, o site EntreContos - Literatura Fantástica - promove novos desafios, com tema variados sendo uma excelente oportunidade de leitura. Boa sorte e boa leitura.

Publique aqui.

Convidamos você que gosta de escrever contos e mini contos dos gêneros de ficção científica, literatura fantástica e terror a nos enviar seus trabalhos para serem publicados neste site, com os créditos ao autor, é claro.
PARTICIPE!

Divulgação

Prezados leitores e colegas. Faço uso do post para divulgar os trabalhos de nosso colega Luiz Amato no site Wattpad.

Literatura fantástica, ficção cientifica, terror

Espaço dedicado à escrita e leitura deste gênero literário.

Estatísticas do blog

  • 94,450 hits

Arquivos

Categorias

Publique aqui.

Convidamos você que gosta de escrever contos e mini contos dos gêneros de ficção científica, literatura fantástica e terror a nos enviar seus trabalhos para serem publicados neste site, com os créditos ao autor, é claro.
PARTICIPE!

Divulgação

Prezados leitores e colegas. Faço uso do post para divulgar os trabalhos de nosso colega Luiz Amato no site Wattpad.
%d blogueiros gostam disto: