Fantasticontos, escritos e literários

Blog para contos de ficção científica, literatura fantástica e terror

DESEJO


Deitado naquela maca, ou seja lá o que fosse, Roberto Mota ou Bob, como seus familiares e amigos o chamavam, tentava se lembrar em como chegou até ali.

Seu avô sempre lhe disse que os homens devem pagar por seus pecados. O dele foi a luxuria.

No primeiro momento em que a viu, Bob conteve a respiração. Pensando bem, Eva não era linda, era bonita; não era deliciosa, tinha um corpo bonito; inteligente ela era, conversava sobre qualquer coisa. Magra, alta, com belas pernas, mas os amigos dele disseram que não era nada demais. Algo em sua presença fazia com que ele a desejasse ardentemente. Talvez fossem os cabelos presos em um rabo de cavalo mostrando os pequenos cabelos arrepiados. Quem sabe seria o seu andar, ou até mesmo o jeito dela sorrir. Bob estranhamente não conseguia tirar os olhos daquela figura.

Estaria enfeitiçado?

Chegou junto da moça e começou a conversar, no princípio ela não deu muita atenção, mas em pouco minutos ela já não queria que ele saísse de perto, monopolizava sua atenção. A noite prometia pensou.

Não era o tipo de cara que ficava em cima, não dando espaço às namoradas, ao contrário. Ele tentou se afastar um pouco e ficar com seus amigos, mas Eva veio chamá-lo para conversar e namorar. Na frente do bar e encostado em seu carro, Bob começou a beijá-la, mordiscar seu pescoço, acariciar seu corpo, abraçando-a, mesmo ali na rua, à frente do bar, ele já a imaginava em lençóis de seda claros, seus cabelos a enfeitar os travesseiros.

Dançou com Eva em plena rua ao som alto da musica do bar, enquanto acariciava seu corpo e soltava seus cabelos. Estava enlouquecido, desejava a moça e era por ela, desejado.

Continuaram juntos até de madrugada quando se ofereceu para levá-la em casa. Dirigiu por mais tempo que pretendia e chegou a uma casa nos arredores da cidade, era grande, com uma enorme área aberta. Entrou na casa e ainda na sala as caricias recomeçaram, beijos, desejo. Tiraram as roupas, sentia-se tonto, letárgico, sentia o hálito da moça, os lábios dela em seu corpo, um momento inebriante.

Luzes se acenderam repentinamente, os olhos de Bob doíam tamanha a claridade, tentava colocar as mãos nos olhos para se proteger, deu-se conta que não conseguia se mover direito, seus braços e pernas não queriam obedecer, estava ficando paralisado, parecia ter mais pessoas na sala, mãos ásperas começaram a tocá-lo, a agarrá-lo.

As luzes brancas e azuis já não incomodavam, apenas o medo. Eva e mais quatro pessoas, entraram no cômodo olhando-o, ele entendia parcialmente o que falavam enquanto suas pálpebras teimavam em fechar, escutou a voz de uma mulher dizer que ainda bem que Eva havia chegado com a comida. Percebeu seu corpo sendo cortado e no último momento de sua vida, Bob, em desespero, tentou soltar um grito que morreu em sua garganta.

Fim

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 27 de agosto de 2012 por em Contos, Contos de Terror e marcado , .

A saga de um andarilho pelas estrelas

DIVULGAÇÃO A pedido do autor Dan Balan. Sinopse do livro. Utopia pós-moderna, “A saga de um andarilho pelas estrelas” conta a história de um homem que abandona a Terra e viaja pelas estrelas, onde conhece civilizações extraordinárias. Mas o universo guarda infinitas surpresas e alguns planetas podem ser muito perigosos. O enredo é repleto de momentos cômicos e desconcertantes que acabam por inspirar reflexões sobre a vida e a existência. O livro é escrito em prosa em dez capítulos. Oito sonetos também acompanham a narrativa. (Editora Multifoco) Disponível no site da Livraria Cultura, Livraria da Travessa, Editora Multifoco. Andarilho da estrela cintilante Por onde vai sozinho em pensamento, Fugindo dessa terra de tormento, Sem paradeiro certo, triste errante? E procurar o que no firmamento, Que aqui não encontrou sonho distante Nenhum outro arrojado viajante? Volta! Nada se perde com o tempo... “Felicidade quis, sim, encontrar Nesse vasto universo, de numerosas, Infinitas estrelas, não hei de errar! Mas ilusão desfez-se em nebulosas, Tão longe descobri tarde demais: Meu amor deste lugar partiu jamais!”

Divulgação

Bom dia.
Aproveito este espaço para divulgar o livro da escritora Melissa Tobias: A Realidade de Madhu.

- Sinopse -

Neste surpreendente romance de ficção científica, Madhu é abduzida por uma nave intergaláctica. A bordo da colossal nave alienígena fará amizade com uma bizarra híbrida, conhecerá um androide que vai abalar seu coração e aprenderá lições que mudará sua vida para sempre.
Madhu é uma Semente Estelar e terá que semear a Terra para gerar uma Nova Realidade que substituirá a ilusória realidade criada por Lúcifer. Porém, a missão não será fácil, já que Marduk, a personificação de Lúcifer na Via Láctea, com a ajuda de seus fiéis sentinelas reptilianos, farão de tudo para não deixar a Nova Realidade florescer.
Madhu terá que tomar uma difícil decisão. E aprenderá a usar seu poder sombrio em benefício da Luz.

Novo Desafio EntreContos

Oi pessoal, o site EntreContos - Literatura Fantástica - promove novos desafios, com tema variados sendo uma excelente oportunidade de leitura. Boa sorte e boa leitura.

Publique aqui.

Convidamos você que gosta de escrever contos e mini contos dos gêneros de ficção científica, literatura fantástica e terror a nos enviar seus trabalhos para serem publicados neste site, com os créditos ao autor, é claro.
PARTICIPE!

Divulgação

Prezados leitores e colegas. Faço uso do post para divulgar os trabalhos de nosso colega Luiz Amato no site Wattpad.

Literatura fantástica, ficção cientifica, terror

Espaço dedicado à escrita e leitura deste gênero literário.

Estatísticas do blog

  • 97,989 hits

Arquivos

Categorias

Publique aqui.

Convidamos você que gosta de escrever contos e mini contos dos gêneros de ficção científica, literatura fantástica e terror a nos enviar seus trabalhos para serem publicados neste site, com os créditos ao autor, é claro.
PARTICIPE!

Divulgação

Prezados leitores e colegas. Faço uso do post para divulgar os trabalhos de nosso colega Luiz Amato no site Wattpad.
%d blogueiros gostam disto: